Apresentação

Infinito - Escultura em aço carbono - 32x21x e 64x42

Grande parte do meu trabalho gira em torno de adequações e explorações geométricas em função de uma síntese formal e coesão plástica, tendo em vista sempre principios de movimento, desenvolvimento e fluidez. 


O manusear do metal com seu atrito, aspereza, fragmentos incandescentes espargindo, causados pelo desbaste do mesmo, seu odor caracteristico e vibrações sonoras criam o ambiente mágico do prazer do fazer, concretizar, entrar na natureza da matéria, causando o sentimento de que fazemos parte do mesmo todo. Moldamos a matéria ; muitas vezes ela nos sugere caminhos, nos orienta, também nos molda.